Lhama.me anuncia parceira com Encontro Locaweb e promove simulação do futuro das mídias sociais

Futurizacao-encontroLocaweb

Neste ano, o Encontro Locaweb de Belo Horizonte vai contar com uma sessão de ‘Futurização’, formato aberto de evento que propõe simular o futuro das novas mídias de forma colaborativa. O evento acontece no dia 06 de março, no Hotel Ouro Minas.

 

Além de atuar como gestora de comunicação digital de empresas e artistas, a Lhama.me é também uma agência que busca fomentar a interação offline através de eventos. Com a meta de potencializar redes e promover o conhecimento do ecossistema de social media e comunicação digital, a Lhama.me é a mais nova parceira da edição mineira do Encontro Locaweb de Profissionais da Internet, uma iniciativa da Locaweb, que já reuniu mais de 26.000 participantes somando suas 15 edições.

 

“Usando metodologias de conversação e muita interação, falamos das tendências do mercado,das tecnologias que podem fazer diferença em nossas estratégias. Com vários profissionais da área, criamos juntos um painel do futuro da área e ampliamos nosso networking”, explica Raquel Camargo, professora universitária e fundadora da Lhama.me

 

Os interessados em prever o futuro colaborativamente e experienciar o “futuro das mídias sociais” através dessa inusitada dinâmica deve se inscrever no site do Encontro.  Para ter ainda 50% de desconto, basta enviar uma mensagem privada para a fanpage da Lhama.me. A sala do “Futurização” será anunciada no palco principal do evento e deve começar na parte da tarde.

 

Veja aqui mais informações sobre outra edição do Futurização, que contou com a agência Tea With Me na idealização.

 

Sobre a Lhama.me

Somos um laboratório de interação online e offline. Oferece serviços de gestão de mídias sociais, produção de conteúdo, monitoramento e gerenciamento de anúncios digitais.  Idealiza e facilita eventos, cursos e vivências com objetivo de compartilhar conhecimentos relacionados ao universo da comunicação digital.

 

Sobre o Grupo Locaweb

A Locaweb é líder em Hosting Infrastructure Services no Brasil, segundo a IDC. Com 17 anos de experiência, cerca de mil funcionários e 260 mil clientes, oferece soluções em Software (SaaS), Plataforma (PaaS), Infraestrutura (IaaS) e Marketing (MaaS) e tem capacidade para mais de 25 mil servidores. De acordo com o relatório Hostmapper, a empresa é líder isolada no mercado de domínios .com.br. Entre 2012 e 2013, adquiriu quatro novas empresas: a Eventials (plataforma para transmissão de eventos), a Tray Commerce (plataforma de loja virtual), a SuperPay (meio de pagamentos online) e a All In Mail (plataforma de envio e gerenciamento de campanhas de e-mail marketing), criando o Grupo Locaweb.

1º Círculo de doutorandos informais em BH

doutorado-informal

A Lhama.me é um laboratório de interação. Essa é a empresa que faço parte hoje <3
A gente ama internet, ama analisar comportamento, ama trabalhar com gerenciamento de redes sociais e comunicação.  Mas a gente só tem muita paixão por isso, por quê a interseção disso tudo é o danado do ‘conhecimento’. Uma das metas de vida da Lhama.me é ser uma agente de transformação e compartilhamento de conhecimento, e por isso fazemos eventos relacionados à isso, com o nosso projeto Lhama Knowledge.

Após dar início no 1º Grupo de Estudos de Mídias Sociais e Comunicação Social, trazemos agora mais uma coisa bem legal pela primeira vez para BH: o Círculo de Doutorandos Informais.

Chamado também como CDI, esse encontro é uma experiência e um experimento. Confiando no poder de um grupo que se reúne com um propósito comum, vamos despertar uns nos outros lampejos e sonhos. Também é meta traçar caminhos concretos para materializar as “aprendências” de cada um.Durante 2 noites seguidas (dias 4 e 5 de março, quarta e quinta) os participantes do Círculo serão provocados a desconstruir crenças, embarcar em processos de aprendizagem livres, tornarem-se mentores de outros participantes e colocar no papel as ações necessárias para iniciarem suas jornadas. Ah! O encontro é gratuito, só precisa se inscrever.

O chamado do Círculo é para você, que tem coceira por investigar/pesquisar/aprender/criar coisas novas em qualquer área do conhecimento. Também é para você que se coça todo quando pensa nas limitações do meio acadêmico, com mais barreiras do que pontes e portais.

É possível. Vamos? Se inscreva aqui (são apenas 25 vagas!) http://bit.ly/doutorado-informal-BH #lhamaKnowledge

Ficam aqui também agradecimentos sempre especiais ao The Plant, espaço de co-working de BH que sempre apoia nossos devaneios <3

 —

Sobre as formas de aprender e doutorado informal

Raquel Camargo - doutorado informal e educacao  - Comunicação digital e inovação

Essa é uma tradução do material do professor da Universidade de Utah, Matt Might, feito para explicar o que de forma didática o que é um doutorado.

Você já pensou em ser doutor em algo? Eu, desde adolescente, tinha uma ideia de fazer mestrado na cabeça, mesmo sem entender muito o que isso significaria para mim. Hoje, com a iniciativa do 1º Grupo de Estudos de Mídias Sociais e Comunicação Digital, com o projeto Lhama Knowledge, na ativa e também com a minha incessante busca por conhecimento, volto a pensar na minha carreira acadêmica (que foi despriorizada assim que terminei meu mestrado em Estudos de Linguagens).

Hoje questiono os modelos de educação, os formatos de aula, os materiais didáticos, as burocracias, critérios de avaliação, as regulamentações e quase tudo que envolva esse papo de compartilhar conhecimento. Questiono diariamente, busco novos experimentos e potenciais respostas, e claro, assim como toda a sociedade, não tenho uma fórmula mágica para isso, mas sempre topo um protótipo.

Geralmente eu tenho orgulho de conhecer os amigos que tenho. Felizmente tenho uma rede realmente muito boa, e a maioria das pessoas que tenho por perto são inspiradoras e costumam compartilhar comigo e com o mundo coisas muito legais de serem pensadas.

Nesse pacotão de gente-do-bem tem o Alex Bretas. Menino novinho e super engajado em inovações, ano passado ele fez uma baita campanha pelo Catarse para criar um livro chamado ‘Educação Fora da Caixa‘. Baseado em um discurso chamado de “Doutorado Informal“, o meu conterrâneo trouxe à tona um debate relevante sobre modelos alternativos de aprendizagem entre adultos. A jornada do Alex propõe que a jornada de busca de conhecimento seja baseada em curiosidade e autonomia. Dá pra entender melhor o projeto clicando aqui.

Eis que chego aqui por causa disso também, querendo apresentar para vocês esse conceito inovador e polêmico. Doutorado? Segundo quem? Quais referências você usa para fazer uma tese? Até onde isso é relevante? Convido todos para questionar esse tipo de dinâmica social do conhecimento através dos textos do Alex Bretas =)

Inscrições para o Grupo de Estudos de mídias sociais e comunicação digital

Lhama-Knowledge-post

 

Enfim, vou conseguir tirar um sonho do papel. Claro, para isso acontecer tem um tanto de gente envolvida, pelo menos umas 90 pessoas têm crédito nesse movimento que está começando aqui em BH.

Sempre falei desse papo de ter um grupo aqui em Belzonte, mas só agora a energia veio e tudo fluiu. Após fazer uma pesquisa de interesse e de busca de melhores datas e horários para os encontros, percebi que tem muita gente por aqui com esse “buraco no coração”, sentindo falta de iniciativas que tragam compartilhamento de conhecimento e networking em BH. Aí, após as mais de 90 resposta dessa pesquisa eu me senti possuída de ânimo e coragem pra fazer o negócio acontecer.

Busquei empresas que tiveram abertura e muita simpatia para receber minha proposta e toparam apoiar a iniciativa, propiciando que nossos encontros ficassem bem baratos, pois uma preocupação que eu tinha era em manter o grupo sustentável financeiramente, porém, com um preço acessível. Enfim, agradeço muito ao pessoal da Guapo Criativa, pelo apoio nas apresentações, ao pessoal da Zahpee pelo apoio e trabalho de monitoramento, ao The Plant CoWorking pelo apoio no espaço, pela Livraria Asa de Papel pelo livro que será sorteado no encontro e pela Adocica Doces e Chocolates que vai dar uma doce surpresa no evento.

Bem, o encontro vai vir pra gente queimar fosfato, se inspirar, compartilhar momentos e tudo mais. Outra preocupação minha com essa proposta é em não transformar nossos momentos em grandes e entediantes aulas. Tentaremos levar dinâmicas e leveza às conversas do grupo.

Fica aqui a dica dessa iniciativa, que está dando trabalho, mas também está dando muita emoção e inspiração <3

Se você está em BH e ficou afim, tem até amanhã para se inscrever!

Todos os detalhes estão aqui no site da Lhama.me

Gratidão á todos que confiaram e toparam o desafio =D

grupo-estudos-midias-sociais-comunicacao-digital

 

Todos os encontros acontecerão no The Plant CoWorking (Rua Grão Mogol, 662, Sion), sempre das 10h às 12h30 dos dias marcados. Veja a nossa programação detalhada.

1) 07 de fevereiro – de 10 as 12h30 – Encontro inaugural
Tema: A história da escrita e seu impacto nas novas tecnologias
Convidada: Ana Elisa Ribeiro

2) 21 de fevereiro – de 10 as 12h30
Temas: Meios, mídia e mediação. ( Texto de Lucia Santaela)
A Cultura dos Media e Mediação (Medienkultur) – (Textos de Vilem Flusser – Discursos e diálogo + Michael Hanke)

3) 07 de março – de 10 as 12h30
Tema: Psicologia do consumo e comportamento nas mídias sociais
Convidado: Cínthia Demaria

4) 21 de março – de 10 as 12h30
Tema: Intraempreendedorismo – Cases do grupo
Participantes poderão apresentar pitchs de seus próprios cases e conversaremos sobre os mesmos em seguida.

5) 11 de abril – de 10 as 12h30
Tema: Interação e a espiral do silêncio nas mídias sociais (Discussão sobre o estudo da Pew Internet)
- Convidado: Prefeitura de BH – bate-papo sobre nova linguagens e o feedback recebido pelo público, as interações no Facebook, etc

 

Se interessou? Entra aqui agora.

Escola usa “iPad gigante” em propaganda e vira meme no Facebook

siac-meme-facebook

Posso até ouvir as vozes do brainstorm da campanha: “Fácil! Produto Apple é tudo igual. A gente pega aquele notebook diferente do Wladimir e vira ele de lado, as estudantes fingem que estão olhando um iPad e vai ser sucesso!”.

Claro que a ideia deu muito errado. Apesar de ter um grande trabalho profissional de direção de arte e de mídais sociais na campanha, esse “pequeno detalhe” transformou a vida de quem cuida do Facebook da escola mineira SIEC um caos.

meme-escola meme-tamagoshi vampeta-meme

 

Após a publicação das fotos, uma enxurrada de comentários transformou a página. Além de comentários, pessoas replicaram a ideia da foto.

Além disso, é claro, algumas marcas como a Méliuz e iGO SOlution pegaram carona na brincadeira para fazer publicações =)

 

meliuz2

5 dicas de apps para ser mais produtivo em 2015

Tempo, tempo, mano velho. Como é possível perder ou ganhar tanto tempo com pequenas mudanças de atitudes?

Se você tem dificuldade de controlar o tempo e produtividade, fica aqui umas dicas Se você tem problemas com o horário, se perde na sua agenda ou vem esquecendo algumas datas que não podia esquecer, os aplicativos certos podem ser uma mão na roda para evitar problemas. Pensando nisso (e também sofrendo disso) separamos uma lista com cinco aplicativos que podem facilitar e organizar a sua rotina, é só escolher o que combina melhor com as suas necessidades. Ah, e não se preocupe, são todos gratuitos e compatíveis com sistemas Android e iOS.

EasilyDo

Como um quebra galho de primeira linha, o Easilydo integra email, Facebook, LinkedIn, Twitter e Evernote pra espremer deles as informações mais relevantes, como quando é o seu próximo compromisso com direito à informações de como chegar lá e quais serão as condições do clima na data prevista.

Ainda não te convenceu? O aplicativo também checa a sua caixa de entrada e te diz quais são os emails são mais urgentes e também te avisa quando os aniversários dos seus amigos nas redes sociais estão se aproximando (o que, diga-se de passagem, é de grande ajuda). É como ter um assistente que evita que os compromissos importantes passem em branco.

 

Timeful

Mais do que organizar sua agenda e evitar que compromissos importantes caiam no mar do esquecimento, o Timeful arranja um tempo pra fazer todas aquelas coisas que você vive dizendo que vai fazer, mas nunca tem tempo. Um reeducador! O aplicativo ordena os seus afazeres em três categorias: Eventos (reuniões de trabalho, visitas às tias distantes ou idas à sorveteria), to-dos (comprar ração pro seu bichinho, separar as roupas que já não servem mais ou tirar as teias de aranha do teto da sala) e hábitos (coisas que você quer inserir no seu dia a dia, como caminhadas, idas à academia ou alguma das coias que você estabeleceu como meta pra ese ano).

Você registra no aplicativo as suas horas de trabalho, as horas de sono e os períodos mais produtivos do dia e é aí que a mágica acontece: o aplicativo faz um planejamento pra que você possa encaixar todas essas coisas no seu dia a dia sem se enrolar. Poderíamos fazer isso, mas delegar as tarefa é quase sempre uma solução melhor, né?

 

TeamViewer

Vamos imaginar que você tenha uma reunião importante hoje e foi por causa dela que você precisou trabalhar até tarde nessa madrugada, revisando tudo pra que as planílhas estivessem impecáveis. Mas, numa falta de sorte, você não leva o arquivo pra reunião. E agora, game over? Não mesmo. O TeamViewer é um desses aplicativos que  fazem acesso remoto ao seu computador com um ou dois cliques pra copiar arquivos e pastas em segundos. Ele oferece também a possibilidade de colaborar em arquivos de outras pessoas ou que essas pessoas colaborem em seus arquivos, tudo isso com a agilidade que a sua rotina pede.

 

Doodle

Com a premissa de cooperar com o seu calendário, o Doodle torna menos provável você se esquecer de um compromisso com aquela amiga com quem você já não se encontra há algum tempo ou que você marque duas reuniões no mesmo dia e no mesmo horário (o que não é tão impossível quanto possa parecer). O aplicativo considera-se “O programa de agendamento que você que realmente usará” por ter uma interface simples e ser mais rápido  que os demais aplicativos de agendamento, ou pelo menos é o que eles dizem. Ele também oferece um controle de enquetes e eventos, para que você saiba quem poderá ir ou quem faltará, encripitação SSL e design personalizado para membros premium, o que é um serviço pago.

 

WPS Ofice

Com a necessidade de ter acesso contínuo aos seus documentos e a velocidade das informações que despencam o tempo todo de qualquer lugar, veio a preocupação pra atualizar, editar e visualizar os seus documentos, e é essa a função do WPS Ofice. Com ele, ter acesso aos seus arquivos em PDF ou do Word, PowerPoint, Excel e até mesmo os arquivos em ”.txt” fica bem mais fácil, assim como a possibilidade de editá-los. E ainda não para por aí, com o aplicativo você também pode criar novos documentos e compartilhar todos esses arquivos de forma simples. Além daqueles já salvos em seu gadget, você também pode acessar os seus arquivos no Google Drive, Box, OneDrive e Dropbox para visualizar ou fazer as edições necessárias. Pra fechar com chave de ouro, o aplicativo salva automaticamente as suas edições pra que o conteúdo não se perca em caso de algum acidente, o que faz do WPS o aplicativo número 1 dos workaholics.

 

Já dá pra sentir o alívio de ter uma agenda mais organizada, não é?

Procura-se blogueiros e videologgers

Em busca de blogueiros e vlogueiros

Já não é de hoje que marcas procuram novas formas de divulgar seus negócios.
Um panfleto na rua ou um publieditorial em um blog, que fala exatamente para o público desejado?
Um outdoor, ou uma estratégia para se divulgar através de alguém que tem um canal legal no Youtube?

Depende, é claro.
O nosso negócio aqui está mais para as segundas opções das perguntas anteriores. A Lhama.me tem maior paixão por comunicação digital e curte alavancar negócios usando essas ideias.

Para fortalecer os blogueiros, vlogueiros e demais produtores de conteúdo na internet, a Lhama está elaborando um grande banco de dados dessas pessoas. Para que isso? Para facilitar os processos entre empresas que querem anunciar marcas, serviços e produtos nessas “novas” mídias.

Curtiu a ideia? Você tem algum projeto online que alcança um público legal? Conhece alguém que se encaixa no perfil?

É só preencher os dados ou compartilhar o link do formulário encontrado aqui http://lhama.me/banco-de-blogs/

Redes sociais para gastronomia: quais ingredientes para o sucesso?

Pensando nos nichos que podem potencializar seus negócios e trabalhos com as redes sociais, mas não dominam as ferramentas, métricas, técnicas e todos os demais paranauês que são importantes, eu e a Cínthia Demaria decidimos criar um curso para ajudar os profissionais da gastronomia.

redes sociais - gastronomia

 

Veja aqui os detalhes :)
Redes sociais para profissionais de gastronomia
Data: 15 de dezembro – de 9 às 17h
Local: Espaço Vila da Serra (próximo à Praça do Papa) – Belo Horizonte

Objetivo: Capacitar profissionais da área de gastronomia para usarem de forma adequada as Redes Sociais com intuito de garantirem credibilidade, confiança e encantamento do público.

Saiba sobre o que vamos falar:

- Onipresença digital: você está fazendo isso errado?
- Foco no conteúdo: qual o melhor tipo de publicação e quais técnicas de redação usar na hora de falar com seu público pela internet?
- Planejamento: medir para acertar: entenda mais sobre planejamento sazonal, com assuntos relevantes para o público de gastronomia e comportamento nas redes sociais.
- Atividades práticas com os cases dos participantes
- Técnicas de engajamento e Psicologia do Consumo
- Técnicas de storytelling

Valores:
Até dia 25 de novembro: 180 reais
Após dia 26 de novembro: 200 reais

Facilitadoras da troca de conhecimentos:
Raquel Camargo – jornalista, mestre em Estudos de Linguagens pelo Cefet-MG com projeto sobre apropriação Literária no Twitter, já trabalhou com redes sociais com personalidades como Eduardo Costa, Itamar Franco e marcas como UOL, Uni-BH e projetos do Escritório de Prioridades Estratégicas do Governo de Minas.

Cinthia Demaria – jornalista, especialista em Mídias e graduanda em Psicologia, já trabalhou em diversas agências de publicidade e também atuou no setor de comunicação do Escritório de Prioridades Estratégicas do Governo de Minas.

Você conhece alguém que precisa desse curso? Compartilhe esse post com ela, por favor! =D Todo mundo sai ganhando com profissionais de gastronomia que alcançam bem seus públicos =)

Para fazer inscrições, é só clicar aqui =)

Essa é uma iniciativa do Projeto Efusão, criado pela Cinthia e eu. Nosso objetivo é criar eventos, experiências, cursos e demais vivências que permitam o compartilhamento de conhecimento. Curtam no Facebook e acompanhem as novidades.

Eu não consegui um hang drum, mas descobri algo bem legal

hangdrumEu gosto muito de música, sobretudo, daquelas criadas com instrumentos exóticos e que compõe um contexto étnico.

Didgeridoo, kalimba, tigelas tibetanas, berimbau de boca, flautas cherokee e tudo mais que possa parecer estranho (e provavelmente você nunca ouviu falar), eu tento tocar, quero ter e tudo mais.

Dessa lista infinita de instrumentos que eu tenho paixão, está o hang drum. Ele parece um disco voador e encanta muita gente pelo Youtube. É uma percussão harmônica, que pode ser tocada com as mãos e faz um som surreal. Claro que eu tentei comprar um desse, mas aí me deparei com vários fatores impeditivos.

Continue Reading -

Participe da Semana de Mídias Sociais, em BH

midias sociaisConvido todos vocês para o evento ‘Semana de Mídias Sociais‘, que acontecerá em BH. Estarei por lá falando sobre essa coisa linda de deus, essa xoxô-mídia amada, na abertura (10/11). O evento é 0800 e restam poucas vagas! Corre :)

A Graduação em Mídias Sociais e o MBA em Comunicação Digital da UNA estão juntos para promover uma semana de boas conversas sobre como estudantes, profissionais e empresas podem utilizar a internet como ferramenta de comunicação e de criação de relacionamentos.

PROGRAMAÇÃO:

Segunda-feira, 10/11:
19:00h – Raquel Camargo – Futurização da Mídias Sociais (lhama.me)
19:40h – Ayala Melgaço – Empreendedorismo nas Mídias Sociais (Mafalda Comunica)
20:10h – Bruno Borges – Panorama do mercado profissional
20:40h – Guilherme Avila – Jornalismo e Mídias Sociais (O Tempo).

Terça-feira, 11/11:
19:00h – Daniel Coquieri – Facebook Ads (Ezlike)
19:40h – Alexandre Estanislau – desafio do mercado de comunicação (Abradi – Bolt)
20:10h – Bernardo Cançado – Mídias Sociais Aplicadas (Mentes Sociais | Circuito do Rock)
20:40h – Fabiano Cancela – Introdução ao Marketing de Conteúdo
(RockContent)

Quarta-feira, 12/11:
19:00h – (via web): Hangout com Pri Loredo – Humanização das Marcas
Importante: nesta data NÃO haverá programação no auditório

Quinta-feira, 13/11
19:00h – Gutenberg Almeida – O Poder das Conexões
19:40h – Ana Paula – O que as pessoas esperam das marcas nas mídias sociais (Open)
20:10h – Wander Veroni – Novos tempos para os blogs (Café com Notícias)

Evento GRATUITO!
Faça a sua inscrição no link http://bit.ly/1phR3Ce